O ano de 2023 não foi um bom ano para os direitos humanos, não apenas em relação à “supressão dos direitos no mundo” e às “atrocidades em tempo de guerra”, mas também por causa da “indignação selectiva dos governos e da diplomacia transaccional, que implicou custos profundos para os direitos do que não participam nestes acordos”, lê-se no relatório anual da Human Rights Watch, apresentado esta quinta-feira.

Fuente