Só na PSP terão sido dezenas os carros patrulha que pararam esta quarta-feira num protesto nacional espontâneo, que tem tido o epicentro na área metropolitana de Lisboa, surgido de um grito de indignação lançado no domingo pelo agente Pedro Costa, que naquela noite dormiu no chão junto junto ao Parlamento.

Fuente