Luís Montenegro, líder do PSD, não quis dar importância à saída do deputado social-democrata António Maló de Abreu do partido. Questionado pelos jornalistas numa visita aos Açores, Luís Montenegro insistiu que “o PSD está fortíssimo, empenhadíssimo e cheio de motivação” e rejeitou que, na base da saída de Maló de Abreu, esteja a sua liderança. “Não há nada irreconciliável comigo, não conheço os fundamentos”, declarou.

Fuente