Sven-Goran Eriksson, ex-treinador do Benfica e antigo seleccionador inglês, revelou que tem um cancro terminal, numa entrevista à rádio sueca P1 citada pela Skynews. O técnico diz que os prognósticos apontam para uma esperança de vida a rondar os 12 meses, visto que o cancro no pâncreas não pode ser operado.

Fuente