A 75.ª temporada de Fórmula 1, com o Grande Prémio (GP) do Bahrein a celebrar o 20 aniversário dando neste sábado (15h, SportTV) o tiro de partida da edição mais longa (24 corridas) da história da competição, está aí com uma sensação de já visto: sem mudanças significativas, sem pilotos novos, nem as perspectivas mais animadoras para os rivais do campeão mundial, Max Verstappen, que parece destinado a acelerar para o quarto título Mundial. Isto, apesar das dúvidas entretanto suscitadas pelos testes de Inverno e treinos livres, que a qualificação não esclareceu totalmente.

Fuente