O nome do canadiano Denys Arcand não será inteiramente desconhecido dos cinéfilos portugueses: é o caso raríssimo de um cineasta da província francófona do Quebeque a ter estreia mais ou menos regular entre nós, em grande parte motivada pelo êxito, nos idos dos anos 1980, de O Declínio do Império Americano (1986). O título desse filme, contudo, poderia ser aplicado ao progressivo declínio da carreira do hoje octogenário cineasta, com a evolução da sua verve satírica a ser sinalizada nos títulos dos seus filmes posteriores: As Invasões Bárbaras, A Era dos Ignorantes, A Queda do Império Americano

Fuente